Lixo eletrônico: Que solução podemos dar?

O impacto do grande fluxo de lixo eletrônico que produzimos e como podemos agir para controlar tais fatores , confira isso e muito mais aqui neste post!

O lixo eletrônico ou Resíduos de Equipamentos Elétricos e Eletrônicos (REEE) são todos os dispositivos eletroeletrônicos, de celulares, tablets e computadores a TVs, lavadoras de louça e de roupa, geladeiras e etc., que foram descartados por seus donos.

 

O crescimento mundial da população aliado ao consumo excessivo de bens materiais tem gerado a produção de muitos resíduos sólidos. Observa-se que o inadequado gerenciamento desses resíduos gera impactos imediatos no ambiente e na saúde. Os impactos provenientes da má conduta e gerenciamento deste resíduos sólidos são visíveis  em nossa sociedade e tem gerado danos ao meio ambiente, ecossistema e toda a vida em nosso planeta.

Dentro dessa perspectiva, a temática ambiental toma conta da vida das pessoas nos âmbitos sociais, políticos e econômicos.

Dentre as inúmeras questões ambientais, o resíduo tecnológico ou lixo eletrônico vem causando preocupação por ser um dos lixos mais acumulados no mundo e devido ao seu alto teor de toxidade. A sociedade contemporânea tem feito apelos muito grandes para que as pessoas se mantenham sempre atualizadas e consumam produtos novos, sobretudo produtos eletroeletrônicos, no entanto muitas famílias têm armazenado o lixo eletrônico por não saberem como descartá-lo.

 

Separamos 4 dicas fundamentais para que seja possível reduzir a quantidade de lixo eletrônico confira:

  • Faça compras inteligentes!
  • Cuide bem dos seus equipamentos eletrônicos
  • Doe os eletrônicos em bom estado
  • Faça o descarte correto de seu lixo eletrônico

E De bônus separamos mais 4 dicas fundamentais neste processo de redução dos resíduos eletrônicos confira a seguir!

 

1- Devolva os equipamentos usados para fabricantes ou lojas

Não jogue no lixo os aparelhos velhos , quebrados e sem possibilidade de conserto. Você pode devolvê-los aos fabricantes, que deverão dar uma destinação adequada, ou pode enviá-los para a reciclagem, que desmontará o produto, utilizará as peças que estão em boas condições em itens novos ou recondicionados, e encaminhará os rejeitos para aterros especiais.

Alguns exemplos são as operadoras de telefonia celular, como Vivo, Claro, Oi e Tim, que tem programas específicos para cuidar do descarte de aparelhos. No caso dos computadores, alguns fabricantes que também oferecem programas são Apple, Samsung, Sony, LG, Asus, Dell, Acer, Positivo e Lenovo. Já cartuchos de tinta e toners de impressoras podem ser entregues para HP e Epson.

 

2-Leve os aparelhos usados para associações, cooperativas e prefeituras

Se o fabricante do seu produto ainda não tem um programa específico de descarte, entre em contato com associações e cooperativas que fazem esse tipo de trabalho. A Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (ABINEE) tem, desde 2016, a GREEN Eletron, uma gestora que faz a logística reversa de equipamentos eletroeletrônicos.

Outro exemplo de empresa que atua nacionalmente é o Descarte Certo. Lá, os aparelhos são desmontados por meio de um processo chamado “desfabricação”, e suas peças são recicladas, dando origem a produtos novos ou recondicionados. Há ainda serviços que estimulam a reutilização de aparelhos, dando uma segunda vida útil, como é o caso da empresa socioambiental Reciclecel, que já reciclou cerca de 45 mil celulares.

As prefeituras também mantêm postos municipais de coleta de equipamentos eletrônicos. Para saber onde fica o mais próximo, contate a prefeitura de sua cidade. Há alguns aplicativos que ajudam nisso, como o E-waste e o site da eCycle.

 

3-Venda seu equipamento

Você realmente pretende comprar um produto mais moderno, como um smartphone de última geração ou uma TV de tecnologia mais avançada? Então pense em vender seu aparelho usado, que ainda está funcionando, para que sejam reutilizados por outra pessoa. Há serviços, por exemplo, que compram celulares usados para consertá-los e revendê-los, como a Redial.

 

4- Doe para ONGs

Caso não encontre uma empresa que faça a reciclagem dos equipamentos em sua cidade, você pode doá-los a ONGs que trabalham com inclusão digital ou mesmo a entidades que aceitam doações de equipamentos antigos, mesmo que não funcionem mais. Procure por este tipo de instituição na sua cidade.

 

cuidar e manter o meio ambiente limpo é um dever de todos e com essas ações poderemos mudar o mundo e o modo de pensar e agir da população.

 

Este conteúdo foi útil? então não esqueça de deixar seu comentário, sugestão ou duvidas!

Aproveite também para conferir outros outros conteúdos aqui em nosso Blog!